02 ago

AGOS visita FETAEG

Cumprindo agenda de divulgação da SuperAgos 2019-Convenção e Feira de Negócios para Supermercados e Panificadoras, o presidente da AGOS, Gilberto Soares esteve nesta sexta-feira, 02.08, na sede da FETAEG-Federação dos Trabalhadores Rurais na Agricultura Familiar do Estado de Goiás. Acompanhado pelo superintendente da entidade, João Bosco Pinto de Olivera, Gilberto Soares foi recebido pelo presidente da FETAEG, Alair Luiz dos Santos e diretores na sede da Federação em Goiânia. Na oportunidade Alair Luiz ressaltou que a agricultura familiar tem importante participação na produção de alimentos que compõem o prato dos brasileiros e se mostrou bastante interessado na proposta da SuperAgos 2019 que acontecerá de 23 a 25 de setembro no Centro de Convenções de Goiânia. [+]
01 ago

Reunião do Conselho Administrativo da AGOS discute demandas do setor

O Conselho Administrativo da AGOS-Associação Goiana de Supermercados se reuniu nesta quarta-feira, dia 31 de julho, na sede da entidade no setor Sudoeste em Goiânia. Na pauta da reunião, foram discutidas as demandas do setor supermercadistas, entre elas a liberação da venda de medicamentos em supermercados e a parceria da AGOS com a Unialfa-Centro Universitário Alves Faria para a realização de palestras e pesquisa científica. Outro assunto que dominou boa parte das discussões foi a Reforma Tributária que está em discussão no Congresso Nacional. Tema de grande interesse dos empresários que acompanham passo a passo o debate sobre propostas que devem resultar em avanços para os negócios em geral e para o setor supermercadista especialmente. Presente na reunião, o deputado Federal Glaustin da Fokus (PSC-GO), ao defender a Reforma Tributária disse que os empresários terão mais confiança para expandir os seus negócios. “A Reforma Tributária facilitará a vida para quem quer empreender e gerar novos postos de trabalho. Muitos supermercadistas querem ampliar os seus estabelecimentos, mas por conta da tributação atual esse plano vai…[+]
01 ago

Liberação dos Recursos dos Saques do FGTS terá impacto positivo no Comércio

Fonte: CNC Em relação à liberação dos recursos das contas do FGTS e PIS/PASEP anunciada no dia 24 de julho, pelo governo federal, a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) avalia que a medida deverá ter impacto positivo sobre o comércio no segundo semestre deste ano.“Com base nas informações divulgadas até o momento, estimamos um impacto direto de pelo menos R$ 7,4 bilhões no comércio varejista no segundo semestre de 2019 com os recursos extras obtidos. Consideramos ainda que a redução do endividamento e a regularização de dívidas em atraso também exercerão impactos indiretos positivos sobre o volume de vendas do comércio nos meses seguintes aos saques, já que liberam espaço no orçamento das famílias para outros gastos”, avalia o presidente da CNC, José Roberto Tadros. “Somados a outros fatores positivos, como a inflação abaixo da meta, o aumento do emprego e da renda e a perspectiva de queda das taxas de juros, esses recursos extras deverão contribuir positivamente para um ritmo maior de crescimento da economia brasileira”, completa.Apesar de significativo, o impacto em…[+]
01 ago

SuperAgos 2019 espera movimentar R$ 50 milhões em negócios

Evento apresenta lançamentos e tendências do autosserviço A Associação Goiana de Supermercados (Agos) trabalha nos últimos preparativos para a realização da 18ª SuperAgos-Convenção e Feira de Negócios para Supermercados e Panificadoras, que será realizada de 23 a 25 de setembro no Centro de Convenções de Goiânia. A expectativa é realizar R$ 50 milhões em negócios. O evento, o maior do setor da Região Centro Oeste, realizado anualmente pela Agos, promove o relacionamento entre indústrias, atacadistas, distribuidoras e prestadores de serviços dos setores supermercadista e panificador.  Também participam da SuperAgos empresas do setor hoteleiro, gastronomia e varejistas em geral.   Com o tema central Os novos caminhos que impactam o varejo, a SuperAgos 2019 reúne mais de 140 empresas expositoras distribuídas em uma área de 4,5 mil metros quadrados  e funcionará  das 16h às 22h, nos três dias.   Os organizadores esperam um público de 12 mil pessoas de Goiás e de outras regiões do País,  para conhecer os últimos lançamentos e tendências do autosserviço.   As expectativas são positivas em relação à SuperAgos segundo o presidente da Agos, Gilberto Soares. “O setor supermercadista e da panificação busca eficiência e deve seguir a tendência de investir em inovações e produtos modernos. Essa busca impulsiona…[+]
31 jul

VENDAS DOS SUPERMERCADOS CRESCEM 2,64% NO PRIMEIRO SEMESTRE

Fonte: ABRAS – Associação Brasileira de Supermercados O primeiro semestre foi positivo para os supermercados brasileiros. De janeiro a junho, o setor registrou crescimento real* de 2,64% em relação ao mesmo período de 2018, de acordo com o Índice Nacional de Vendas ABRAS, divulgado hoje (30), em coletiva de imprensa, na sede da entidade nacional, em São Paulo. O mês de junho registrou alta de 0,24% na comparação com maio, e crescimento de 3,89% em relação ao mesmo mês de 2018, que no ano passado foi impactado pela paralisação dos caminhoneiros. Para o presidente da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), João Sanzovo Neto, as vendas do primeiro semestre mostram que, mesmo lentamente, a economia está no processo de recuperação. “É o melhor resultado para o período dos últimos seis anos, e nos mostra que o país está caminhando. O crescimento de 48,4 mil vagas formais de emprego em junho, divulgado pelo Caged, reforça nossa esperança na retomada econômica. Esperamos que a aprovação das reformas da Previdência e Tributária sejam o impulso que está faltando para o…[+]
30 jul

Escola Agos promove Curso de mercado Lucrativo

Nesta terça-feira, 30, a Escola Agos promoveu o curso Mercado Lucrativo, ministrado pelo engenheiro de alimentos Wanderson Lima, na sede da Agos no setor Sudoeste em Goiânia. O curso foi dirigido aos supermercadistas e também as empresas do ramo alimentício. Os alunos puderam aprender sobre segurança dos alimentos e através disso levar a redução de desperdício, garantindo o lucro da empresa. “Os empresários tem a visão que a forma de gerar lucro, quando a empresa tem algum problema financeiro é sempre o corte de contratos e despesas fixas. Esquecem que o desperdício dos alimentos é de fato o grande vilão quanto a lucratividade”, afirma o engenheiro de alimentos. Os alunos também aprenderam sobre o processo de armazenamento de cada tipo de alimento e a importância de não gerar perda. O curso gerou um certificado de 3 horas. [+]