25 nov

Mais de 86% dos consumidores vão usar promoções na Black Friday para compras de Natal, segundo pesquisa da Conversion

De acordo com o estudo, evento deve crescer 14,7% este ano no País e compras online são preferências de 72% dos consumidores Segundo o estudo da Conversion, agência de Search Engine Optimization (SEO), as compras para o Natal lideram as intenções dos consumidores durante a Clabk Friday deste ano, marcada para o dia 26/11. De acordo com a pesquisa, 86,04% dos brasileiros assumiram usar o evento promocional para garantir os presentes de final de ano, tendo os mais presenteados os familiares próximos, com as maiores intenções de presentes indo para cônjuge (esposo e esposa) e filhos. Segundo o levantamento da Conversion (https://lp.conversion.com.br/estudo-black-friday-2021), que entrevistou 400 brasileiros conectados à internet para saber quais são as expectativas do consumidor para a Black Friday 2021, esta edição promete ser o maior evento já registrado desde o lançamento da data comemorativa no País, com um crescimento na intenção de compra de 14,7% em comparação com o ano anterior. A pesquisa da Conversion também avaliou o valor médio que os consumidores estão dispostos a gastar com compras na…[+]
25 nov

Índice de Preços dos Supermercados sobe 0,94% em outubro, mas tem desaceleração

Dos 14 cortes de carnes pesquisados, dez tiveram queda nos preços na comparação com setembro O Índice de Preços dos Supermercados (IPS) registrou uma alta de 0,94% em outubro, com um acumulado no ano de 8,83% e de 12,99% nos últimos 12 meses. Entretanto, o resultado aponta uma desaceleração em relação a meses anteriores, com alguns produtos importantes em queda. O indicador é calculado pela Associação Paulista de Supermercados (Apas) e pela Fipe. Segundo o levantamento, a carne teve uma queda de preço de 0,55% no mês, envolvendo dez dos 14 cortes analisados. O acém e a alcatra estão entre as maiores quedas, de 3,10% e 1,39%. Para os responsáveis pela pesquisa, a queda nos preços ocorreu devido a uma oferta interna maior, consequência do embargo de importação da China, e por uma estabilidade nos custos de produção. Entretanto, a cesta de tipos de carnes ainda acumula uma inflação de 13,05% em 2021. O maior responsável pela inflação em outubro foi o grupo de produtos hortifrutigranjeiros, os alimentos in natura….[+]
24 nov

Índice mostra queda no preço da carne de boi em supermercados

Apesar disso, com a flexibilização dos embargos levantados pela China, exportação da proteína bovina deve voltar a aumentar, o que fará preço voltar a subir para os brasileiros Após um período de alta contínua dos preços, o Índice de Preços de Supermercados (IPS) indicou uma leve desaceleração no valor dos cortes mais populares de carne. Segundo o levantamento feito pela Apas (Associação Paulista de Supermercados) e Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), a cesta do produto apresentou deflação de 0,55%. Dos 14 cortes acompanhados pela Apas, 10 recuaram em nível de inflação no mês de novembro. Entre os mais populares, o acém apresentou queda de 3,10% em outubro, e a alcatra, de 1,39%. Ainda de acordo com a Apas, a redução dos preços se deu pela maior oferta interna e estabilidade no custo de produção. O IPCA-15 (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15) também apontou que o preço do item caiu em outubro. Os dados divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística afirmam que os preços da proteína bovina…[+]
24 nov

84% declaram que irão gastar mais este ano na Black Friday

Estudo da SBVC revela que a maioria dos brasileiros pretendem aproveitar as promoções antes mesmo da sexta-feira 74% dos consumidores pretendem aproveitar alguma oferta, antes da data oficial da Black Friday. Essa é uma das descobertas do estudo “Black Friday no varejo brasileiro” – 4ª edição, desenvolvido pela SBVC (Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo) em parceria com a Offerwise, que faz uma radiografia dos principais hábitos de compra, intenção de compra e opiniões em relação a Black Friday. Devido aos altos preços que o país vem enfrentando por conta da pandemia, a Black Friday é vista como oportunidade de comprar, deixando o consumidor mais otimista e animado. 100% dos entrevistados pretendem se arriscar nas promoções esse ano e pretendem gastar em média R$2.310,40. Em 2020 a intenção de gasto médio (compras on e off-line) dos consumidores na data foi de R$1.728,12. A maioria das compras estão destinadas a uso próprio e a preferência é por: Eletrônicos (68%), Vestuário (61%) e Eletrodomésticos (47%). O estudo mostra que 59% concordam que a Black Friday…[+]
24 nov

Qualidade continua impulsionando crescimento dos supermercados

Estudo mostra que mesmo em empresas que focam em preço, a qualidade dos produtos e da experiência tem um papel essencial para os clientes Em economias com inflação em alta, o preço se torna cada vez mais importante na decisão de compra dos clientes. Mesmo assim, a qualidade dos produtos, do atendimento e da experiência do consumidor continua sendo essencial na escolha. Um estudo realizado pela Symphony RetailAI mostra que quase dois terços da receita dos supermercados decorrem de consumidores com foco em qualidade. O levantamento foi feito a partir da análise de 2,2 bilhões de transações em supermercados dos Estados Unidos e da Europa entre julho de 2020 e junho de 2021 e mostra que os consumidores têm uma probabilidade 1,5 maior de migrar para produtos, segmentos e lojas focadas em qualidade do que em preço baixo. A migração para itens de mais qualidade aumentou o tíquete médio em 9%, sendo que menos de um terço desse valor decorreu da inflação no período. De acordo com Chris Koziol, CEO da Symphony RetailAI,…[+]
24 nov

Agos Regional Aparecida de Goiânia tem autoridades políticas e econômicas em sua inauguração

A Associação Goiana de Supermercados (Agos) tem a sua primeira filial: a Agos Regional Aparecida de Goiânia. O lançamento aconteceu no dia 24 de novembro, no plenário da Câmara Municipal da cidade e contou com a presença do presidente da casa, o vereador André Fortaleza. De acordo com Gilberto Soares, presidente da Agos, um dos objetivos da entidade é criar regionais no Estado para dissociar as ações realizadas em Goiânia. “A descentralização das atividades, com as regionais, visa tornar a associação mais forte e atuante, com atividades que atinjam todo o Estado”, enfatiza. “A escolha por Aparecida de Goiânia se deu pela relevância do município para a economia do Estado, que segue pujante”, afirmou. Para o diretor da Agos Regional Aparecida de Goiânia, Mário Júnior de Farias, as expectativas são as mais positivas. “Será uma forma de estar próximo do supermercadista e ouvir os seus interesses”, ressaltou. O diretor de Operações da GoiásFomento, Fernando Freitas, destacou as linhas de crédito da Agência que atendem o setor supermercadista em todo estado. “Com condições especiais”,…[+]
23 nov

Agos Regional Aparecida de Goiânia tem lançamento no próximo dia 24

Entidade irá descentralizar as ações realizadas em Goiânia, vai discutir assuntos de interesse do setor, representar o segmento na cidade e estar mais próxima do associado O setor supermercadista goiano agora conta com a primeira filial da Associação Goiana de Supermercados (Agos) no interior do Estado. A Agos Regional Aparecida de Goiânia será um braço da associação no município que vai discutir assuntos de interesse do setor, representar o segmento na cidade, além de ser uma forma de relacionamento mais próximo com o associado. O lançamento acontece no dia 24 de novembro, às 9h, no plenário da Câmara Municipal, que está localizada na Avenida de Furnas, Quadra 04, Lotes 18/21, Residencial Maria Luiza. De acordo com Gilberto Soares, presidente da Agos, um dos objetivos da entidade é criar regionais no Estado para dissociar as ações realizadas em Goiânia. “A descentralização das atividades, com as regionais, visa tornar a associação mais forte e atuante, com atividades que atinjam todo o Estado”, enfatiza. A diretoria da Agos Regional Aparecida de Goiânia está formada pelos associados…[+]
23 nov

Supermercado pode passar a vender medicamentos isentos de prescrição

Câmara analisa projeto do deputado federal Glaustin da Fokus, em caráter conclusivo, nas comissões de Seguridade Social e Família e de Constituição e Justiça e de Cidadania Supermercados e lojas similares podem passar a vender medicamentos isentos de prescrição caso a Câmara dos Deputados aprove projeto de lei do deputado federal Glaustin da Fokus (PSC). O objetivo, segundo o parlamentar, é pulverizar a distribuição de medicamentos pelo Brasil. A proposta tramita em caráter conclusivo nas comissões de Seguridade Social e Família e de Constituição e Justiça e de Cidadania. A Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores de Produtos Industrializados (Abad) apoia a proposta. O Conselho Federal de Farmácia (CFF) resiste à ideia. O assunto foi alvo de deliberações na última segunda-feira, 22, durante o Encontro de Valor Abad 2021, em São Paulo, que reuniu grandes executivos da indústria de bens de consumo e os 300 maiores agentes de distribuição do Brasil. Coordenador do comitê Agenda Política da Abad, o advogado Alessandro Dessimoni defendeu o projeto do deputado goiano sob a alegação de que o Brasil é…[+]