23 jul

Piracanjuba vai construir a maior fábrica de queijos do País

Fonte: Empreender em Goiás A indústria goiana Piracanjuba (Laticínios Bela Vista) anunciou a construção da maior fábrica de queijo do Brasil, no município de São Jorge D’Oeste, no Sudoeste do Paraná. A previsão inicial de investimento é de R$ 80 milhões, valor que ainda pode ser revisado, e a expectativa é de geração de 300 empregos diretos. Inicialmente, a fábrica deverá processar cerca de 600 mil litros de leite por dia. Porém, a capacidade de processamento da unidade, que será instalada numa área de 48,7 hectares, vai ultrapassar os 2 milhões de litros por dia quando estiver em pleno funcionamento. Presidente do Grupo Piracanjuba, César Helou destacou que o projeto inicial passou por uma reformulação, que fará da unidade uma das mais importantes da empresa. “Esta não será apenas mais uma, mas sim a maior fábrica de queijo do Brasil, além de uma pequena fábrica de leite longa-vida e uma de manteiga”, disse. A nova fábrica será a segunda unidade própria da empresa goiana no Paraná. A outra fica na cidade de Sulina e entrou em…[+]
23 jul

Cesta básica escapa de impostos na última hora

Fonte: A Tribuna De última hora, o ministro da Economia, Paulo Guedes, decidiu retirar do projeto de reforma tributária a previsão de aumento de impostos dos produtos que compõem a cesta básica. Na avaliação da equipe econômica, seria difícil explicar, neste momento, uma proposta que representaria uma elevação do custo de vida para a classe média. A ideia inicial era propor o fim da isenção tributária de todos os produtos da cesta básica e usar o dinheiro arrecadado para o Renda Brasil, que será lançado no lugar do Bolsa Família. Como compensação, os beneficiários do Renda Brasil receberiam de volta os tributos pagos a mais com a mudança dosistema. Noentanto, o preço da cesta para a população com renda mais alta teria elevação. O governo chegou a fazer consultas a lideranças do Congresso sobre a medida e, numa avaliação feita ontem, decidiu adiar a apresentação da proposta. A área econômica vai negociar a medida com o Congresso. Além disso, havia dúvidas em relação ao mecanismo de devolução e o impacto na inflação. Continuam isentas as receitas…[+]
23 jul

Governo quer que plataforma de venda online seja responsável por recolhimento de novo imposto

Fonte: G1A primeira parte da proposta do governo de reforma tributária, enviada nesta terça-feira (21) ao Congresso, prevê que as plataformas de vendas online sejam responsáveis pela arrecadação do imposto sobre produtos vendidos se o vendedor não emitir nota fiscal. A proposta do governo prevê a unificação do PIS e do Cofins (incidente sobre receita, folha de salários e importação), criando um tributo sobre valor agregado, com o nome de Contribuição Social sobre Operações com Bens e Serviços (CBS), que terá uma alíquota de 12%. Na prática, os sites de vendas serão responsáveis por recolher o CBS quando algum produto for vendido por uma pessoa física, que não é obrigada a emitir nota. “Se eu emito nota fiscal e anuncio um produto por meio da minha plataforma, a Receita Federal tem como identificar e cobrar o imposto que não foi pago ou pago erroneamente. Mantenho o contribuinte como responsável. O problema é quando esse vendedor é pessoa física. Nesse caso, a plataforma digital passa a ser responsável por esse recolhimento”, afirmou Vanessa…[+]
22 jul

Consumidores que compraram alimentos pela internet chegam a 53%

Isolamento social causado pela covid-19 influencia pesquisa Fonte: Agencia Brasil Uma pesquisa feita em 36 países mostra que no Brasil 53,4% dos consumidores compraram alimentos pela internet em 2019 e 50,3% optaram por serviços online de entrega dos produtos.  Segundo o estudo Global Consumer Insights Survey 2020, da empresa PwC, com o isolamento social causado pela pandemia, 35% dos consumidores estão comprando alimentos pelos canais online e 86% planejam continuar assim após o final das medidas de isolamento social. Entre os millenials ( nascidos após o início da década de 1980 até o final do século 20), 59% – e 57% desse grupo entre os que têm filhos – mostram um foco maior em seu bem-estar do que em outros grupos.  Quanto aos cuidados pessoais, 51% dos consumidores residentes em áreas urbanas concordam que estão mais focados em cuidar do seu bem-estar e de sua saúde física e mental como resultado da covid-19.  Os moradores de áreas urbanas, consultados após o início da pandemia, consideraram a proteção e a saúde tão…[+]
21 jul

Carrinho Solidário: Agos tem quase 40 pontos de coleta

A Associação Goiana de Supermercados (Agos), em parceria com a Agos Mulher, lançou no mês de abril a Campanha “Carrinho solidário”, com o lema: A fome dói, doe. A ideia surgiu durante a entrega de 35 toneladas de alimentos a OVG. O evento contou com a presença da primeira-dama, Gracinha Caiado, a diretora da OVG, Adryanna Melo Caiado e o deputado federal Glaustin da Fokus. O supermercado que aderirir a campanha ganha da Agos, um banner para colocar na loja.Aaté então a campanha tem vários pontos de coleta em Goiânia e região metropolitana. A campanha tem o intuito de arrecadar alimentos não perecíveis e produtos de higiene. Todas as doações serão destinadas as famílias de baixa renda, afetadas economicamente pelos impactos do Coronavírus. O presidente da Agos, Gilberto Soares, afirma que além de beneficiar as famílias carentes, parte dos donativos serão entregues a creches, “ é muito importante que as pessoas ajudem essa campanha, afinal, tem muita gente que não sabe para quem doar. O nosso pensamento é facilitar, para que o alimento e os produtos de higiene cheguem a quem mais…[+]
21 jul

Reforma tributária pode ser aprovada ainda em 2020

Unificação de impostos é consenso relacionado à reforma tributária; Câmara tem um texto, Senado tem outro e governo envia nova proposta esta semana Fonte: Agência Senado A reforma da legislação tributária, que vem sendo debatida no Brasil há pelo menos duas décadas, pode finalmente virar realidade em 2020. O Ministro da Economia, Paulo Guedes, prometeu entregar ao Congresso a proposta inicial do Governo Bolsonaro ainda nesta semana. O tema é complexo e deverá envolver inúmeras mudanças, principalmente a simplificação e unificação de tributos. No Parlamento, foram apresentadas em 2019 duas propostas de emenda à Constituição (PEC) com objetivo de aperfeiçoar o Sistema Tributário Nacional (STN) e ganharam protagonismo nos debates. A PEC 110/2019, do Senado, e a PEC 45/2019, da Câmara, começaram a ser mais debatidas no início deste ano, com a criação da Comissão Mista da Reforma Tributária. Entretanto, o colegiado teve suas reuniões interrompidas devido à pandemia de covid-19.  A principal convergência entre as duas propostas é a extinção de diversos tributos que incidem sobre bens…[+]
17 jul

MP institui linha de crédito para micro e pequenas empresas

Empresas com faturamento de até R$ 300 milhões serão beneficiadas Fonte: Agência BrasilO Governo editou uma Medida Provisória (MP) que abre uma linha de crédito destinada a microempresas e empresas com faturamento de até R$ 300 milhões por ano. A MP 992 foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União na noite desta quinta-feira (16). Os bancos e instituições que fizerem empréstimos por essa nova linha de crédito poderão utilizar parte das suas perdas para ter benefício fiscal no pagamento do Imposto de Renda e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL).  “Com isso, o Banco Central avalia que serão injetados até R$ 120 bilhões no mercado por meio dessas novas operações”, informou a Secretaria-Geral da Presidência da República, por meio de nota. Essas regras também serão aplicadas às linhas de crédito emergenciais já existentes, como o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) e o Programa Especial de Suporte a Empregos (PESE). Segundo o governo, a operação será simplificada e não exigirá contrapartidas específicas, “o que…[+]
17 jul

Carrinho solidário: Mais supermercados participam da campanha da Agos

A Associação Goiana de Supermercados (Agos), em parceria com a Agos Mulher, lançou no mês de abril a Campanha “Carrinho solidário”, com o lema: A fome dói, doe. A ideia surgiu durante a entrega de 35 toneladas de alimentos a OVG. O evento contou com a presença da primeira-dama, Gracinha Caiado, a diretora da OVG, Adryanna Melo Caiado e o deputado federal Glaustin da Fokus. O supermercado que aderirir a campanha ganha da Agos, um banner para colocar na loja.Aaté então a campanha tem vários pontos de coleta em Goiânia e região metropolitana. A campanha tem o intuito de arrecadar alimentos não perecíveis e produtos de higiene. Todas as doações serão destinadas as famílias de baixa renda, afetadas economicamente pelos impactos do Coronavírus. O presidente da Agos, Gilberto Soares, afirma que além de beneficiar as famílias carentes, parte dos donativos serão entregues a creches, “ é muito importante que as pessoas ajudem essa campanha, afinal, tem muita gente que não sabe para quem doar. O nosso pensamento é facilitar, para que o alimento e os produtos de higiene cheguem a quem…[+]