27 fev

Confiança do comércio cresce em fevereiro e retorna ao patamar de 1 ano atrás

Fonte: Apas A confiança do comércio aumentou entre janeiro e fevereiro, segundo divulgou nesta sexta-feira (21) a Fundação Getulio Vargas (FGV). O Índice de Confiança do Comércio (Icom) subiu 1,7 ponto e passou de 98,1 para 99,8 pontos, retornando ao patamar de fevereiro de 2019 (99,8 pontos). Foi a terceira alta mensal seguida do indicador. “A confiança do comércio inicia 2020 em alta, sob influência dos indicadores de expectativas, que se consolidaram acima do nível neutro de 100 pontos. Essa melhora das expectativas, no entanto, ocorre em sentido contrário ao dos consumidores, que em fevereiro se tornaram bem mais cautelosos em relação ao futuro próximo, lançando dúvidas sobre a possibilidade de sustentação da atual tendência de alta da confiança do comércio“, avalia Rodolpho Tobler, coordenador da Sondagem do Comércio da FGV IBRE. Na véspera, a FGV mostrou que a confiança do consumidor registrou em fevereiro o menor patamar desde maio de 2019. Em fevereiro, a confiança dos empresários do comércio subiu em 5 dos 6 segmentos. A…[+]
21 fev

Palestra Especial Dia da Mulher na Agos

“ENTENDA O VALOR DOS RELACIONAMENTOS” Quantas vezes você teve dificuldade para lidar com alguém de personalidade diferente da sua? Quantas vezes você teve dificuldade com sua própria personalidade? Como seria se você… Desenvolvesse potenciais que ainda não explorou? Descobrisse a melhor forma de lidar com seu cônjuge/filhos/pais/funcionários? Entendesse quais são seus motivadores? Compreendesse qual motivador certo para cada pessoa gerar alta Performance? Desenvolvesse a sua liderança e conseguisse se comunicar com cada membro da sua equipe? Encontre respostas para essas e outras perguntas em nosso encontro em comemoração ao Dia da Mulher. Faça sua inscrição: https://forms.gle/DamSn3WrERr4N7Tf7 [+]
21 fev

Grupo SSA inaugura segunda área de processamento em Goiás

A São Salvador Alimentos S/A é uma empresa com representatividade mundial. Atualmente a empresa conta com unidade de cria, unidade de produção de ovos férteis, incubatório, armazéns de grão, fábrica de ração, integração, processamento e distribuição. Em Goiás já existe uma área destinada a parte de processamento. No dia 28 de fevereiro será inaugurado uma segunda unidade de processamento na cidade de Nova Veneza, em Goiás. O grupo SSA é dona de duas marcas que atuam fortemente no estado, a Boua e a Super Frango, ambas trabalham para garantir um alimento saudável, seguro e acessível a toda a população, mantendo crescente a credibilidade do produto SSA, visando à participação e à rentabilidade no mercado global, respeitando a vida, o meio ambiente e os direitos do consumidor e da sociedade. Além de se preocupar com a qualidade dos alimentos que chegam a mesa do consumidor, a SSA Priorizar o desenvolvimento sustentável e a preservação ambiental visando à qualidade de vida de todos que se relaciona. Sem medir esforços para criar ações…[+]
21 fev

Confiança do comércio cresce em fevereiro e retorna ao patamar de um ano atrás

Fonte – G1 A confiança do comércio aumentou entre janeiro e fevereiro, segundo divulgou nesta sexta-feira (21) a undação Getulio Vargas (FGV). O Índice de Confiança do Comércio (Icom) subiu 1,7 ponto e passou de 98,1 para 99,8 pontos, retornando ao patamar de fevereiro de 2019 (99,8 pontos). Foi a terceira alta mensal seguida do indicador. “A confiança do comércio inicia 2020 em alta, sob influência dos indicadores de expectativas, que se consolidaram acima do nível neutro de 100 pontos. Essa melhora das expectativas, no entanto, ocorre em sentido contrário ao dos consumidores, que em fevereiro se tornaram bem mais cautelosos em relação ao futuro próximo, lançando dúvidas sobre a possibilidade de sustentação da atual tendência de alta da confiança do comércio“, avalia Rodolpho Tobler, Coordenador da Sondagem do Comércio da FGV IBRE.Na véspera, a FGV mostrou que a confiança do consumidor registrou em fevereiro o menor patamar desde maio de 2019.Em fevereiro, a confiança dos empresários do comércio subiu em 5 dos 6 segmentos. A melhora do índice foi mais influenciada pelo resultado favorável do…[+]
20 fev

Vendas das indústrias de alimentos crescem 2,3% em 2019

Fonte: G1 Goiás Na terça-feira (18) foram divulgados números de um importante setor da economia. Eles mostram que a indústria de alimentos em 2019 vendeu mais e faturou mais. A produção que vem do campo é uma das riquezas do Brasil e o processamento de parte dessa colheita também. De tudo que a agropecuária brasileira produz, mais da metade passa por empresas. Em uma delas, a manga é transformada em suco. As vendas da indústria brasileira de alimentos e bebidas cresceram 2,3% em 2019, melhor taxa desde 2013. O faturamento teve alta de quase 7%, chegando perto de R$ 700 bilhões. Entre os itens que mais se destacaram em vendas estão as carnes, grande parte por causa do crescimento na exportação para a China no final de 2019; os derivados de cereais, chá e café; e pratos semiprontos, congelados e desidratados. A praticidade ainda aparece no item “comida fora de casa”, cuja procura subiu quase 7%. “Hoje, não necessariamente fora do lar significa sair de casa para…[+]
19 fev

Procon Goiás e PGE-GO realizam Semana de Conciliação de 9 a 13 de março

Procon Goiás e PGE-GO realizam Semana de Conciliação de 9 a 13 de março Empresas em débito com órgão de defesa do consumidor poderão negociar dívidas com descontos de 99% sobre juros e atualização monetária. As empresas que possuem débitos decorrentes de multas aplicadas pelo Procon Goiás poderão fazer a negociação dos valores devidos durante a Semana de Conciliação do Procon Goiás, que será realizada dos dias 9 a 13 de março de 2020, no Vapt Vupt do Shopping Cerrado. Os atendimentos ocorrerão das 8 às 17 horas. As empresas em situação de inadimplência com o órgão de defesa do consumidor poderão parcelar suas dívidas, com descontos que incidirão sobre juros de mora e correção monetária, conforme a Lei Estadual nº 20.656, de 18 de dezembro de 2019. A redução é de 99% dos juros e da correção monetária para os créditos não inscritos em dívida ativa e de 80% para os já inscritos ou ajuizados. O  pagamento poderá ser feito à vista ou mediante parcelamento…[+]
18 fev

Maia quer votar a reforma administrativa ainda no primeiro semestre

Fonte: Agência Câmara Notícias Bolsonaro afirmou que pode encaminhar a proposta do governo sobre o tema na semana que vem O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que pretende aprovar a reforma administrativa ainda no primeiro semestre. Para ele, o objetivo da proposta é aprimorar a eficiência do setor público e oferecer serviços de qualidade aos brasileiros. Em vídeo publicado pelas redes sociais, Maia disse ainda que aguarda o envio pelo Executivo do texto sobre a reforma. “Para que a gente possa garantir nos próximos 10 a 15 anos um estado que sirva ao cidadão com melhor qualidade”, afirmou o presidente. Ontem, o presidente Jair Bolsonaro disse a jornalistas que pretende encaminhar ao Congresso a proposta do governo de reforma administrativa na semana que vem. Ele garantiu que os direitos dos atuais servidores não serão alterados, inclusive o da estabilidade. [+]
14 fev

Vendas dos supermercados crescem 3,62% em 2019

Fonte: Abras O ano de 2019 foi positivo para o setor supermercadista, que registrou crescimento real – deflacionado pelo IPCA/IBGE – de 3,62%, de janeiro a dezembro, de acordo com o Índice Nacional de Vendas ABRAS, apurado pelo Departamento de Economia e Pesquisa da entidade nacional. Em relação a novembro, o último mês do ano apresentou alta real de 16,36%, e na comparação com dezembro de 2018, crescimento de 2,30%. Para o presidente da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), João Sanzovo Neto, o resultado é motivo de comemoração. “Ficou acima da nossa projeção inicial, de 3,00%. Quando falamos em vendas, todo número superior ao esperado é sempre bom. O ano de 2019 foi de muita expectativa para os empresários brasileiros, que vislumbraram no novo governo uma “luz no fim do túnel”. E ela veio. Não tão forte como gostaríamos, mas o suficiente para nos impulsionar a acreditar que o Brasil, após iniciar importantes mudanças estruturais, principalmente de incentivo a simplificação e desburocratização do ambiente empresarial, e avanços na agenda das reformas, dará a volta por…[+]