02 dez

Comissão de Agricultura aprova projeto de doação de alimentos por grandes supermercados

Com o objetivo de evitar o desperdício de comida, a Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) aprovou nesta quinta-feira (2) um projeto que estabelece normas para que os grandes supermercados possam doar alimentos para entidades beneficentes de assistência social (PL 2.874/2019). A proposta é de autoria do senador licenciado Ciro Nogueira (PP-PI), atual ministro da Casa Civil. O relator, senador Sérgio Petecão (PSD-AC), apresentou parecer favorável, na forma de texto substitutivo. O projeto original estabelecia a obrigatoriedade da doação de alimentos e exigia que os estabelecimentos celebrassem contratos com as entidades beneficentes de assistência social, o que foi alterado. Mas o relator manteve a previsão de multa para quem descartar alimentos ainda na validade e adequados ao consumo humano sem motivo justo. Petecão incluiu a instituição da Política Nacional de Combate à Perda e ao Desperdício de Alimentos (PNCPDA), prevendo conceitos, princípios, objetivos e instrumentos para a doação de alimentos e dando tratamento a questões fiscais e sanitárias. A proposta agora segue para a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), onde receberá decisão terminativa. Se aprovada, seguirá…[+]
02 dez

Rede Super Reis é recebida pela Agos

Ser um ponto de referência para o segmento e estar próximo do associado tem sido alguns dos propósitos da Associação Goiana de Supermercados (Agos). No dia 1º de dezembro, a diretoria da entidade recebeu em sua sede dirigentes da Rede Super Reis, de Itumbiara. “Alinhamento, estratégia, disciplina e trabalho com compromisso fazem parte das ações desenvolvidas pela associação”, ressaltou o presidente da Agos, Gilberto Soares da Silva. Além de aproximar o relacionamento entre a instituição e a rede de supermercados, assuntos jurídicos no que se refere à convenção coletiva do sindicato (SECOM) também estiveram na pauta da reunião. Entre os visitantes da Rede Super Reis estavam: Dr. Flávio Partata, advogado externo, João Isaías, contador, Ana Tereza Lara e Silva, gestora de Recursos Humanos e Dr. Yago Barros Mendonça, assessor jurídico interno. Além do presidente da Agos, participaram da reunião o assessor de relações institucionais, Francisco Lopes de Araújo, os consultores jurídicos Dr. Reginaldo Vasconcelos e Dr….[+]
01 dez

Busca por aves natalinas deve crescer apesar da inflação

As tradicionais aves natalinas, como o peru e o chester, estão 22% mais caras neste ano. Mesmo assim, os supermercados ainda esperam grande procura pelas iguarias de final de ano. Como a maioria dos produtos alimentícios – e outros itens básicos como o gás de cozinha, a energia elétrica e a gasolina – as aves nobres também foram atingidas pela inflação.  Mesmo com a elevação de quase um quarto do preço em relação a 2020, o setor supermercadista espera alta na procura destas aves neste ano. Um dos fatores é a volta das comemorações em família e das cestas corporativas entregues para algumas empresas a funcionários, após um 2020 marcado pela pandemia e pelo teletrabalho. “As festas serão maiores e o número de itens e de volume também. No compartilhamento da ceia, um vai levar peru, outro a champanhe, que também deve ter um certo aumento. A questão é que ave natalina não faltará”, afirma o presidente da Associação Gaúcha de Supermercados (Agas), Antônio Cesa Longo. Observando o esperado aumento na demanda, algumas marcas…[+]
01 dez

Supermercado responde por 80% dos mais vendidos na Black Friday, diz Mercado Livre

Fernando Yunes, que comanda operação no Brasil, destaca que setor de alimentos explodiu neste ano diante da inflação Dos dez produtos mais vendidos durante a Black Friday no Mercado Livre, oito foram de supermercado, categoria que cresceu 540% em volume na edição deste ano do evento, que ocorreu na sexta-feira (26). A inflação em alta deixou itens caros em segundo plano, e muitos consumidores com orçamento apertado adiaram a compra de celular para encher carrinhos com comida, papel higiênico e ração de pet. A avaliação é de Fernando Yunes, que lidera a operação do Mercado Livre no Brasil. A plataforma representa cerca de 30% das vendas no mercado digital. “As famílias com o poder aquisitivo pressionado queriam trocar de celular e resolveram segurar mais um pouco. Decidiram pegar promoções de itens de gasto recorrente, como papel higiênico, alimentos em bastante volume, produtos de cozinha, de limpeza, comida de pet”, afirma Yunes. Além da inflação, parte da população trocou de aparelho e adquiriu novos eletrônicos e eletrodomésticos no…[+]
01 dez

ABRAS fortalece sua presença na capital federal

A Associação Brasileira dos Supermercados (ABRAS) inaugurou no dia 30 de novembro seu novo escritório em Brasília, trinta anos após a instalação da primeira estrutura da entidade na capital federal. A cerimônia de inauguração, conduzida pelo presidente João Galassi, se deu com as presenças do Vice-Presidente da República, Antônio Hamilton Martins Mourão, além de diversas outras autoridades políticas, supermercadistas, presidentes e representantes de associações estaduais de supermercados, executivos da entidade e fornecedores. A Associação Goiana de Supermercados (Agos) se fez presente na solenidade, com a equipe de membros da diretoria: Presidente, Gilberto Soares da Silva, Vice-Presidente, Sirley Antônio do Couto, Diretor da Agos Regional Aparecida de Goiânia, Mário Júnior de Faria, Conselheiro, José Elias de Paula, Consultor Jurídico, Dr. Reginaldo Vasconcelos, e assessor de relações institucionais, Francisco Lopes de Araújo. O presidente João Galassi abriu o evento agradecendo o ano glorioso com muitas vitórias e alegrias para a ABRAS. “Após tantos frutos colhidos, estamos aqui para dar mais um passo e iniciar um capítulo dessa vitoriosa história da ABRAS. O novo escritório é um local extremamente…[+]
01 dez

Consumo de cerveja em casa cresce e faz surgir uma nova oportunidade para empreender

Segundo pesquisa da Kantar, a alta de 4% no consumo doméstico se deve ao maior tempo de permanência nos lares durante a pandemia do coronavírus Impulsionado pelo isolamento provocado pela pandemia e diante da praticidade oferecida pelas máquinas de autosserviço instaladas em condomínios, o consumo domiciliar de cerveja bateu recorde em 2020 atingindo 68,6% da população maior de 18 anos, ante os 64,6% conquistado em 2019, segundo pesquisa realizada pela Kantar Ibope Media. Nessa seara de oportunidades, novos empreendedores encontraram uma saída para fornecer aos moradores de condomínios residenciais diversos rótulos da bebida gelada, durante 24 horas por dia. É o caso de Hebert Martins, que apostou nas vending coolers inteligentes da Take and Go, como são conhecidas as geladeiras que abastecem até 210 garrafas long neck e 70 latas de cervejas geladas nas áreas comuns dos condomínios. O empreendedor licenciado de Maringá (PR) conta que investiu em 12 máquinas que estão instaladas em condomínios nesta região. “Os moradores podem contar com mais conveniência, comodidade e segurança, neste período de isolamento, além, é claro, de poder…[+]
30 nov

PIX: Correntistas podem sacar agora em supermercados, lojas, padarias

Pix Saque e Pix Troco, novos produtos, funcionam a partir desta segunda-feira A partir desta segunda-feira, 29, os correntistas brasileiros têm mais uma opção para sacar dinheiro além do caixa eletrônico e agência bancária, informou a assessoria governo federal. Essa possibilidade também vai estar disponível, por meio do Pix, no estabelecimento comercial em que o cliente faz compras como lojas, padarias e supermercados. O Pix Saque e o Pix Troco são novos produtos da Agenda Evolutiva do Pix, definida pelo Banco Central. Para fazer o saque pela ferramenta, basta que o cliente envie um Pix para o estabelecimento, em dinâmica similar a de um Pix normal, a partir da leitura de um QR Code. Mas nesse caso, a loja vai repassar o valor integral do Pix em dinheiro para o cliente. No Pix Troco, a dinâmica é parecida. O cliente faz uma compra, paga com Pix, mas num valor superior ao das mercadorias ou serviços. O estabelecimento devolve em dinheiro o valor excedido. [+]
30 nov

Na ceia, receitas com carne de porco serão o destaque deste ano

Consumo represado deve acelerar as vendas no Natal e Ano Novo. Frigoríficos redobraram a produção No Brasil, tornou-se tradição comer carne suína em festas de fim de ano, algo que tem origem nas festas rurais e também na preferência popular de que os porcos, por empurrarem o focinho para frente quando estão em busca da comida, simbolizam progresso, e por este motivo atraem sorte e dinheiro. Com isso é natural que o volume de abate de suínos nos três últimos meses do ano aumente se comparado ao período anterior. “Esse período é um período que tradicionalmente aquecem as vendas de carne suína mesmo, mas eu acredito que as vendas vão ter um incremento maior ainda porque o consumo está represado nos últimos tempos por conta da pandemia e haverá uma flexibilização pelo fato das pessoas estarem vacinadas deu uma certa liberdade e a tendência é delas voltarem a consumir ”, afirmou César da Luz, especialista em Agronegócio e Consultor da APS (Associação Paranaense de Suinocultura). Este ano, soma-se à tradição o fato dos…[+]