10 jul

Vendas do comércio goiano crescem quase 20%

Fonte: Empreender em Goiás O volume de vendas do comércio varejista goiano avançou 19,4% em maio deste ano, comparado com abril, sendo o melhor resultado desde o início da série histórica (janeiro de 2000). Contudo, quando comparado com o mesmo mês de 2019, houve redução de 7,4% nas vendas, sendo a terceira queda consecutiva, mas é a menor queda nessa base de comparação desde o início da pandemia da Covid-19. Esse fato mostra que o volume de vendas está crescente, mas segue em queda em relação a 2019. Regionalmente, todas unidades da Federação apresentaram crescimento em maio de 2020 quando comparadas com o mês anterior. Goiás foi o terceiro Estado com maior variação nessa base de comparação, ficando atrás do Paraná e de Rondônia. Já as vendas do comércio varejista no Brasil cresceram 13,9% em maio comparadas com as de abril deste ano, sendo também o melhor resultado da série histórica. Quando comparadas com maio de 2019, houve redução de 7,2%. [+]
10 jul

Startup canadense planeja lançar supermercados móveis

Fonte: Super Interessante A pandemia de Covid-19 mudou nossa rotina – e obrigou locais onde existe aglomeração, como escritórios e lojas, a se adaptar. O caso dos supermercados não foi diferente. As orientações para que clientes mantenham 2 metros de distância entre si na fila do caixa e usem álcool em gel ao passar pela entrada são exemplos disso. Pensando em facilitar as compras de casa, uma startup canadense chamada Grocery Neighbour (Mercearia Vizinha, em português) foi além. A ideia é lançar, ainda em julho deste ano, um mercado móvel – que nada mais é do que um caminhão gigante, que passaria pelas ruas levando os produtos. Em entrevista à BBC, Frank Sinopoli, CEO da empresa, deu detalhes de como o comércio sobre rodas deve funcionar. O automóvel seguirá um percurso com horários pré-estabelecidos, assim como uma rota de ônibus. Os moradores da região serão avisados via aplicativo sobre o roteiro do caminhão. Dessa forma, poderão sair de casa no momento certo e realizar suas compras em segurança.  Sinopoli explica que a vendinha…[+]
10 jul

Acaps prepara agenda de treinamentos virtuais

O Núcleo de Capacitação da Acaps, responsável pela organização e realização de treinamentos voltados para o setor supermercadista capixaba, está nos preparativos finais para realizar os Encontros Técnicos On-line, uma adaptação dos encontros presenciais que a entidade já realizava e que ficaram suspensos devido à pandemia. O objetivo é realizar um encontro por semana, às terças-feiras pela manhã, e os temas têm relação com as seguintes áreas de conhecimento: Legislações Trabalhistas e Tributárias, Recursos Humanos, Operação e Gestão de Loja, Marketing, Comercial e Financeiro. “Estamos alinhando a agenda com os profissionais que farão a exposição dos temas e em breve divulgaremos todos os detalhes da programação. De antemão, reforço que serão abordados assuntos relevantes para o funcionamento e a gestão dos supermercados, com foco neste período de crise e no pós-pandemia”, explica Hélio Schneider, superintendente da Acaps. Para apresentar os assuntos, a Acaps convidará especialistas de cada área com experiência no atendimento ao setor de supermercados, de forma que os encontros tragam esclarecimentos práticos ao público. A transmissão dos eventos…[+]
09 jul

Supermercados devem elevar projeções do varejo no ano, diz Tendências

Vendas do setor aumentaram 7,4% em maio, sobre abril, quando caíram 11,5% sobre março As vendas dos supermercados surpreenderam em maio. Entre todos os segmentos da Pesquisa Mensal do Comércio, do IBGE, eles são o único a registrar alta sobre o mesmo período do ano passado. Segundo Isabela Tavares, economista da Tendências Consultoria, o resultado reflete um impacto maior que o esperado do auxílio emergencial e também o consumo menor de alimentos fora do domicílio. As vendas dos supermercados aumentaram 7,4% em maio, sobre abril, quando caíram 11,5% sobre março. “Foi a maior surpresa. O segmento já mostra volume de vendas acima do período pré-pandemia. O auxílio emergencial bateu forte na massa de renda ampliada, o que tem ajudado no consumo de gêneros de primeira necessidade”, afirma. A massa ampliada disponível (que desconta o pagamento com Imposto de Renda e contribuições previdenciárias) cresceu 0,9% em maio na variação anual,…[+]
08 jul

Supermercados de Goiânia podem oferecer pedidos pelo app da Uber

A Uber anunciou nesta quarta-feira (7) uma nova funcionalidade nos apps Uber e Uber Eats que permitirá aos usuários fazer pedidos em supermercados em diversos lugares do Brasil. A novidade está disponível na plataforma a partir de hoje em 11 cidades brasileiras e tem o apoio da Cornershop, popular serviço chinelo de compras de supermercados que está em processe de aquisição pela empresa de mobilidade. A princípio, a opção “Mercado” aparecerá para usuários das cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Florianópolis, Salvador, Recife, Goiânia e Campinas. Segundo a empresa, o anúncio de hoje ocorre após registro de um aumento de 176% nos pedidos de supermercados em mais de 30 países desde fevereiro — período quando a crise do novo coronavírus (SARS-CoV-2) começou em muitos países. “A integração de hoje marca um passo importante na nossa parceria com a equipe da Cornershop para levar a intermediação de compras e entregas a milhões de usuários da plataforma Uber”, disse o diretor do Uber Eats para a América Latina Eduardo Donnelly. [+]
07 jul

Publicada lei que cria o programa de manutenção do emprego e renda

Fonte: Agência Brasil O Diário Oficial da União de hoje (7) traz a publicação da Lei nº 14.020/2020, que instituiu o Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e Renda, como forma de diminuir os efeitos econômicos e sociais causados pela pandemia do novo coronavírus (covid-19). O texto, sancionado com vetos pelo presidente Jair Bolsonaro, teve como base a Medida Provisória 936, editada no início de abril pelo governo e que foi aprovada pelo Congresso no mês passado, com algumas alterações. A lei permite a suspensão temporária do contrato de trabalho por até 60 dias e a redução proporcional de salários e da jornada dos trabalhadores pelo período de até 90 dias. Esses prazos podem ser prorrogados. O objetivo é diminuir as despesas das empresas em um período em que estão com atividades suspensas ou reduzidas. No caso de redução de jornada e salário em 25%, 50% ou 70%, o governo paga um benefício emergencial ao trabalhador para…[+]
07 jul

Pandemia: Comércio online e canais de vendas alternativos são tendência

Fonte: Correio Braziliense Empresários e consumidores ainda estão em processo de aprendizagem das mudanças de hábito que a covid-19 trouxe para as relações de consumo. Mas já há sinais claros de como o comércio varejista deve se comportar nesse momento após a reabertura da economia, e no pós-pandemia. “Quem não estiver disposto a trabalhar a flexibilidade dos seus negócios para gerar novas experiências de consumo perderá oportunidades. A aceleração da digitalização será uma das maiores heranças do novo coronavírus para o setor”, afirma João Sanzovo Neto, presidente da Associação Brasileira de Supermercados (Abras). A integração do varejo físico com o digital, que já era uma tendência, tornou-se uma necessidade ainda mais evidente, disse ele. Enquanto não surgir a vacina contra a doença, o consumidor continuará buscando segurança, dentro das lojas, e atendimento mais rápido. “O estudo Consumer Insights, da empresa de pesquisas Kantar, mostra que, no caso dos supermercados, entre as mudanças mais significativas provocadas pela pandemia está a inclusão de novos canais na rotina de compras da população, que agora se abastece em mercadinhos de bairro,…[+]
06 jul

Supermercados de Goianésia ficam lotados antes de lockdown

Estabelecimentos comerciais de Goianésia como supermercados e postos de combustíveis e ficaram lotados nesta sexta-feira (3), no período antecedente ao primeiro final de semana de lockdown na cidade. O comércio iniciou fechamento às 19 horas desta sexta e vai até às 6 horas da próxima segunda-feira (6). Pessoas estavam aglomeradas em supermercados, sem respeitar o distanciamento e até usando capacetes dentro dos estabelecimentos, comprando o que podem para passar o período, já que todo o comércio está fechado. Segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde, Goianésia possui 164 casos confirmados, 432 suspeitos e quatro mortes. Em entrevista concedida ao longo desta semana, o prefeito da cidade Renato de Castro (MDB) disse que do ponto de vista da saúde o mais adequado seria um lockdown todos os dias, mas afirmou que além da sua “demasiada preocupação com a saúde das pessoas se preocupa também com a saúde financeira” da população. “Se continuar crescendo da forma como está crescendo,…[+]